• PORQUE A EVOLUÇÃO É CONTÍNUA!!! Preencha seu e-mail e receba nossos Posts!

4º Passo para ser feliz: MOVIMENTAR-SE!


Atividade_Fisica“Malhar é para Judas no sábado de Aleluia”   
Nuno Cobra*

Na sociedade em que
vivemos, quando o corpo não é ignorado num sedentarismo sem fim, ele é estimulado às vezes até a exaustão em academias que costumam lotar, principalmente no verão. Isso indica que a preocupação principal não é com a saúde, mas sim com a estética.

Assim, até mesmo quando o corpo é levado em conta o que menos ocorre são escolhas conscientes, buscando integração. As academias funcionam hoje como o fast food do corpo: ambientes com exagero de luminosidade – parecendo shopping; atividades repetitivas e isoladas, trabalhando grupos musculares específicos como se eles estivessem desconectados de todo o resto de você.

A exaltação do corpo pelo corpo também leva ao consumo de substâncias e suplementos que prometem milagres. Mas que, na verdade, enaltecem ainda mais a sua desconexão interna com o funcionamento do seu corpo. Desta forma parece que você já não precisa mais consumir o alimento, basta tomar uma pílula ou então pode substituir uma refeição pelos famosos shakes.

Assim, vamos nos distanciando mais da natureza do nosso próprio corpo, vamos introduzindo mais e mais substâncias artificiais e tudo vai ficando vazio e sem sentido. Ah, caso este vazio te incomode, também criaram um comprimido para lidar com ele e você se dopa para não sentir e, desta forma, você se aliena de seu próprio ser.

Na verdade, a atividade física poderia servir como caminho para integrar o indivíduo, reunindo corpo, mente e espírito tal como a filosofia do Yoga nos convida:

“Yoga é independência, é sentir-se bem e feliz em si mesmo, quando fazemos o caminho de volta para casa, momento em que nos unimos à nossa esfera mais sagrada.” Hermógenes**

Entretanto, muitas vezes transformamos a atividade física em outro caminho de alienação de si mesmo. Você faz algum tipo de atividade física? Qual a sua sensação ao movimentar o seu corpo? Você busca maior conexão com sua respiração, seus músculos, seu movimento?

Quando fazemos um exercício físico, buscando consciência corporal, observação do fluxo respiratório, integração com o corpo que habitamos, nós desenvolvemos um equilíbrio interno mais profundo: corpo, mente e espírito. Não é só o Yoga que pode atender este propósito, há várias atividades que proporcionam esta conexão, é preciso encontrar a SUA atividade, aquela que te dê maior prazer, aquela que te desafie na medida certa. Isto é, o desafio tem que ser grande para te tirar de sua zona de conforto (preguiça), mas não tão grande que você se sinta desmotivado, sem acreditar que pode alcançar seus objetivos.

Para isso, é fundamental você se conhecer e lidar com seus limites de forma honesta, sincera, disposto a superá-los sem fazer “corpo-mole”, sem deixar sua mente te mandar direto para o sofá. Nossa mente pode ser um grande empecilho quando procuramos mexer o corpo. Certamente, Ela (mente) vai querer te manter no estado que Ela considera seguro, ou seja, a inatividade. Para vencer seus limites físicos, é importante saber que terá que vencer primeiro os desafios mentais: Por que sair agora, está frio e chovendo? Para que ficar caminhando em círculos sem ir a lugar algum? Pense bem, você já engordou e andar alguns quilômetros não vai fazer você emagrecer… Hum, por falar nisso estou ficando com fome, vamos comer uma massa bem gostosa ao invés de ficar sofrendo aqui correndo!

Parece loucura, mas quem é que não enfrenta estes “diálogos” que parecem mais monólogos de uma Mente Controladora que quer te manter num estado estático, que Ela (mente) considera seguro. A mente busca nos proteger do desafio que, muitas vezes, representa a palavra chave de motivação para o corpo se movimentar. Pense em sua mente como uma mãe superprotetora que não te deixa experimentar a vida e comece a questioná-la, enfrente-a e aposte em seu potencial para traçar objetivos e conquistar mais saúde, para experimentar a vida com toda riqueza de possibilidades que ela oferece. Saia do automatismo e crie sua vida da forma que você quer viver!

Para receber atualizações do site preencha:

Procure um esporte pelo qual já sente alguma simpatia. Os benefícios trazidos pelo esporte são inúmeros, através dele é possível melhorar a saúde, as relações sociais, educar crianças, exercitar princípios e valores. Enfim, o esporte é um elemento agregador na vida das pessoas na medida em que trabalha a atividade física em conjunto com a atividade mental. Isso propicia um contentamento que, para mim, se aproxima de um sentido espiritual, pois  eleva, nos sentimos mais importantes, pertencentes, valorizados… Assim, mais do que um corpo malhado, podemos conquistar com o esporte uma melhor conexão com nós mesmos, com os outros e com a natureza.

* Nuno Cobra Ribeiro é educador físico e autor do livro A Semente da Vitória, no qual desenvolve sua teoria de como “chegar ao cérebro pelo músculo e ao espírito pelo corpo”. Ficou bastante conhecido como preparador físico de Ayrton Senna. (Fonte: Wikipedia)

**José Hermógenes de Andrade Filho,  professor Hermógenes foi um grande divulgador do Hatha Yoga. (Fonte: Wikipedia)


Seu comentário é importante para nós!

Comentário(s)

Adicionar a favoritos link permanente.

Reflita Conosco!!!