• PORQUE A EVOLUÇÃO É CONTÍNUA!!! Preencha seu e-mail e receba nossos Posts!

CONEXÃO PROFUNDA: significado

cp_logoSimbologia é algo que marca as diferentes sociedades e, atualmente, vejo as pessoas utilizarem símbolos sem nem mesmo saber sua origem ou significado, esvaziando, de certa forma, seu conteúdo. Sempre tive um interesse especial pelos símbolos e não é à toa que criamos esta Estrela de Davi com a Rosa dos Ventos no meio para fazer parte do Blog.

Nunca gostei de desenhar e pintar, mas quando o assunto era desenho geométrico, eu ficava fascinada! Acho mágico como a natureza possui estes padrões nas folhas, nas flores, nas pedras e em várias outras formações. Observar as formas geométricas e o desenho que juntas podem formar me parece algo quase Sagrado.

As mandalas representam bem esta ideia. Em sânscrito o significado é de círculo, mas há outros significados que lhe são atribuídos como: circulo mágico, espaço para concentração de energia, como um símbolo de integração e harmonia e de modo mais genérico parece ser a representação geométrica da relação entre o homem e o universo. O uso das mandalas pode ser observado em diferentes correntes: no hinduísmo, no budismo, nas artes plásticas, nas construções de templos e até mesmo nas análises de Jung*.

Assim, a simbologia tem o poder de transcender tempo e espaço, refletindo os mitos, as crenças e as ideias de uma época ou cultura. Através da simbologia acessamos um conteúdo mais profundo, alcançamos uma forma específica de representar a realidade e reconstruí-la.

Sob esta ótica é possível verificar que a simbologia que envolve a Rosa dos Ventos está relacionada principalmente à navegação orientada, pautada pela decisão ponderada pelos pontos cardeais. Neste Blog, a Rosa dos Ventos tem como significado a importância de nos tornarmos conscientes da rota que estamos seguindo, das decisões que tomamos, bem como das consequências que elas terão em nossa vida. Você tem consciência de qual rota sua vida está tomando?

Para receber atualizações do site preencha:

Somente vejo possibilidades de pensar sobre esta trajetória à luz da transcendência da matéria, por isso a Rosa dos Ventos está dentro da Estrela de Davi. Este é um símbolo composto por dois triângulos equiláteros sobrepostos, formando um hexagrama e simbolizando um escudo de proteção e também a união entre opostos: masculino e feminino, Céu e Terra. Trata-se de um símbolo muito antigo e que está associado ao Judaísmo, mas possui vários significados em diferentes religiões.

A lenda diz que este teria sido o escudo usado por Davi em uma batalha e que passou a ser seu símbolo; historiadores associam a estrela ao próprio nome Davi que no alfabeto hebraico formaria um triângulo; no Cristianismo representa o próprio Messias, Jesus Cristo; no hinduísmo representa a trindade: Brahma (Criação), Vishnu (Conservação) e Shiva (Destruição). Enfim, trata-se de um símbolo bastante antigo, utilizado em diferentes culturas e religiões.

Para mim, representa nossa ligação com o Sagrado, Divino, com Deus ou com o Universo, como preferirem. A Rosa dos Ventos dentro da Estrela de Davi, portanto, simboliza a forma como vejo a vida: temos muitas direções por onde seguir, mas sempre teremos como horizonte de nossas ações a ligação entre a matéria e o espírito, o humano e o Divino. Desta forma, acredito que nosso caminho de vida passe, necessariamente, por refletir esta relação e construir uma espiritualidade num conceito mais amplo do que o religioso nos permite. Sob este prisma, espiritualidade está mais ligada à busca por um significado, por transcender o óbvio e o visível e buscar uma conexão mais profunda com algo maior.

Assim, sinto que o caminho de desenvolvimento pessoal envolve equilibrar diferentes esferas, cada aspecto com sua importância norteadora, tal como as direções da Rosa dos Ventos. Acredito que é preciso equilibrar os pontos e refletir onde queremos chegar e qual o caminho que escolheremos para trilhar a nossa vida.

Este é o post de “lançamento” do Blog e apenas pincela um pouco o que será abordado por aqui como temática principal: Desenvolvimento Pessoal, que possui as categorias a seguir

– Autoconhecimento – Comportamento, Comunicação, Relacionamento…

– Espiritualidade – Fé, Meditação, Terapias Alternativas…

– Finanças – Planejamento, Investimento, Consumo…

– Saúde – Alimentação, Atividades Físicas, Bem-estar…

– Trabalho – Propósito de Vida, Perfil Profissional, Vocação…

Espero que esta leitura e a de outros posts seja de muita inspiração e insights para sua a vida, como tem sido para a minha.

Seja muito bem-vindo (a)!

Namastê!

* Carl Gustav Jung foi um psiquiatra e psicoterapeuta suíço que fundou a psicologia analítica. Fonte: Wikipedia.


Seu comentário é importante para nós!

Comentário(s)

Adicionar a favoritos link permanente.

Reflita Conosco!!!