• PORQUE A EVOLUÇÃO É CONTÍNUA!!! Preencha seu e-mail e receba nossos Posts!

Não ganhei na Mega-Sena. E agora?

naoganheimegaeagoraDinheiro é um assunto polêmico que envolve diferentes esferas. Podemos ter, por incrível que pareça, uma crença negativa referente ao dinheiro. Dinheiro é: sujo, superficial, materialistas querem dinheiro, dinheiro provoca desigualdade etc. Desta forma, o dinheiro é o vilão e também o mocinho de nossa vida, afinal quem nunca pensou em ganhar na mega-sena? O que você faria? Mas pense com base de realidade, como se isso estivesse mesmo acontecendo em sua vida!

Muitas respostas podem surgir desta pergunta como: “Eu nunca mais trabalharia!”; “Eu ajudaria TODA a minha família”; “Eu montaria um negócio próprio, uma entidade assistencial”; “Eu ficaria mais com minha família”; “Eu viveria em férias”. E eu repito a pergunta: o que VOCÊ faria?

Agora peço que reflita: será que é o dinheiro que é um empecilho para estas realizações ou ele é um personagem de “costas largas”, pronto para você jogar a culpa por todas as frustrações que você não tem coragem de assumir? Veja bem, a intenção aqui não é acusar ninguém, mas apenas chamar a atenção para o fato de que, talvez, ganhar na mega-sena não resolverá seus problemas, conflitos e angústias e depositar esperanças nesta ilusão pode ser o desperdício de um tempo precioso!

O dinheiro pode abrir muitas portas, trazer a solução para vários problemas, pois é a chave para satisfazermos necessidades básicas como: moradia, alimentação, roupas, lazer e melhorar a qualidade de vida como um todo. Entretanto, ele traz consigo outras “dores de cabeça” que ninguém pensa quando se imagina o sortudo vencedor da loteria federal.

Não se iluda, eu também gostaria de ter esta sorte! Mas o ponto é refletir: o que o dinheiro poderia acrescentar e impulsionar em minha vida? Quais são as atitudes que EU já tenho e que o dinheiro ajudaria a materializar? Neste sentido, é válido imaginar algo palpável para fazer com o seu milhão imaginário. Que vida você gostaria de ter? Será que é só o dinheiro que está faltando ou falta também atitudes coerentes com estes objetivos?

Agora, olhando para a realidade da sua situação financeira, de que forma você pode equilibrá-la para que ela represente o primeiro degrau da longa escadaria dos seus sonhos. Você possui um orçamento doméstico? Faz um levantamento dos gastos mensais da sua casa? Sabemos que isto não é nenhuma novidade quando o assunto é finanças. TODO mundo sabe da importância de ter as contas na ponta do lápis, mas sempre há uma desculpa que justifica a desordem: é chato, não quero ser controlador, não tenho tempo, não quero nem olhar para as contas para não ter peso na consciência na hora de gastar. Enfim, são posturas como estas que indicam que o ganhador de grandes fortunas tem o maior talento para ser o torrador desta mesma dinheirama.

Olhe para suas finanças com realismo! Registre de alguma forma as entradas e saídas de dinheiro e veja qual, DE FATO, é a sua situação: está sobrando ou faltando? De que forma você pode aproveitar melhor o que ganha e ainda garantir uma reserva para o futuro? Não estou recomendando uma vida só de trabalho e sem prazer, como aposto que muitos podem estar imaginando agora. Estou sugerindo uma palavrinha chave para tudo na vida, inclusive na vida financeira: EQUILÍBRIO!

Para receber atualizações do site preencha:

Saber valorizar de verdade o dinheiro que ganhamos é o primeiro passo para nos conscientizarmos da importância do consumo consciente. Quando você organiza suas contas, seu comprometimento com o “saber gastar” aumenta e você pode adquirir novos hábitos mais saudáveis para sua conta bancária. Como sempre diz o consultor financeiro Gustavo Cerbasi cada um tem um perfil financeiro e conhece-lo te ajuda a ter mais consciência das suas escolhas, valorizar o que importa para você e as consequências disso, sem se sentir uma vítima do destino, da vida ou da falta de dinheiro.

Repense sua relação com o dinheiro e assuma a responsabilidade por suas escolhas, seu estilo de vida e seu futuro.


Seu comentário é importante para nós!

Comentário(s)

Adicionar a favoritos link permanente.

Reflita Conosco!!!