• PORQUE A EVOLUÇÃO É CONTÍNUA!!! Preencha seu e-mail e receba nossos Posts!

O valor do NÃO para o amor

20150329_103546Parece que hoje vivemos a ditadura da permissividade. Todos querem ser “bonzinhos” e, desta forma, aceitos, amados. Em nome deste medo da falta de amor, impera a indulgência.

Se você observar verá que cada vez mais pessoas têm dificuldade de dizer “Não!”. Quando o fazem a sensação imediata é de culpa e mal estar porque impera uma carência imensa de aprovação e medo de desagradar o outro seja ele o chefe, o namorado, a criança e até mesmo o cachorro.

Numa sociedade em que os avanços tecnológicos nos permitem tanta liberdade, em que o SIM é sempre enaltecido: vencemos os limites de tempo e distância; rapidamente obtemos a satisfação de nossa necessidade de conhecimento através da internet;  saciamos quase imediatamente nossas vontades, parece mesmo “um mundo sem fronteiras”.

O ser humano construiu esta sociedade dominando a natureza e buscando subverter sua lógica. Se a noite impossibilitava o trabalho, o homem criou a luz elétrica; se a distância dificultava o contato, ele criou o carro, o telefone, a internet e, assim, foi transformando limites em pontes. Claro, é inquestionável as inúmeras facilidades que temos e o que somos capazes de criar, não estou defendendo uma postura retrógrada de condenar o progresso. Mas é fundamental refletir para onde estamos caminhando com tudo o que criamos.

Para receber atualizações do site preencha:

Neste mundo onde tudo parece descartável, estamos esquecendo a importância dos limites, do tempo necessário para a maturação das coisas. Mesmo com todos os avanços continuamos seguindo um ciclo natural de semear, cultivar e colher, inclusive nas relações que estabelecemos. A perda desta conexão nos faz esquecer que nossas ações têm consequências de longo prazo.

Cada vez menos nos damos conta da importância do processo, da construção. Queremos acelerar tudo e assim perdemos a magia das coisas, da vida, das relações. Nós queremos amor imediato e para conseguir, muitas vezes, abdicamos de sermos nós mesmos, esticamos nossos limites de respeito para além do aceitável. A partir disso as consequências começam a ficar inegáveis e a vida se transforma num caos que precisa de um elemento externo que aponte o que ninguém queria enxergar: a necessidade de tomar ATITUDE.

Assistir programas como Supernnany, com a Cris Poli, ou O encantador de Cães, com Cesar Millan, torna-se bem didático, neste sentido. Afinal, notamos como as pessoas pedem socorro para lidar com problemas que elas próprias criaram por serem permissivas e procrastinarem a tomada de decisão. Confira no espaço Vale a Pena

Os participantes dos programas sempre atribuem o problema à criança ou ao cachorro e ficam atônitos quando lhes é mostrado que a questão não está no outro, mas em si mesmos. Geralmente o problema está em suas atitudes cotidianas e nas mensagens que estão passando para seus filhos ou animais de estimação.

“Criar uma criança é fácil, basta satisfazer-lhe as vontades. Educar é trabalhoso”. Içami Tiba

A grande questão é o medo de dizer NÃO e, assim perder o amor conquistado. Ninguém quer assumir a responsabilidade de expor o filho e nem mesmo o cachorro às consequências do “Não”. Assim, a tendência é querer se proteger da rejeição e poupar o filho ou cachorro da frustração.

O resultado disso são pessoas e animais mimados, sem nenhuma noção de limites, confusos, perdidos, compulsivos e desconectados de si mesmos porque não aprenderam a lidar com seus próprios sentimentos. O filme Divertida Mente da Disney, aborda muito bem esta temática: a importância de todos os sentimentos para nosso amadurecimento, inclusive a tristeza.

Da mesma forma, o NÃO é tão importante quanto o SIM e ambos têm consequências positivas e negativas.

“Toda vez que você diz sim, querendo dizer não, morre um pedacinho de você”.  Albert Einstein

Agora, consciente da importância do NÃO, observe sua vida e respeite-se! Quando aprender a observar e respeitar os SEUS limites, respeitará melhor os limites alheios e, certamente, cultivará relacionamentos mais saudáveis consigo mesmo, com seus filhos, animais e com todos que te cercam.


Seu comentário é importante para nós!

Comentário(s)

Adicionar a favoritos link permanente.

Reflita Conosco!!!