• PORQUE A EVOLUÇÃO É CONTÍNUA!!! Preencha seu e-mail e receba nossos Posts!

ENCONTRE SUA MELHOR CONEXÃO!

placaTodos nós temos uma fonte reabastecedora de energia. Para mim é o cheiro de mato, a floresta, a cachoeira, o mar, enfim a Mãe Natureza. Cada um tem uma sintonia especial com coisas diferentes, o importante é saber o que revitaliza e abastece nossa fonte. O que melhora sua conexão consigo e com a vida?

Na sociedade atual vivemos grande parte do tempo desconectados de nós mesmos. Geralmente, seguimos uma rotina de hábitos automáticos que vão nos enfraquecendo e exaurindo até um momento em que paramos de ter prazer com o que fazemos, ao ponto de tudo parecer perder o sentido. Este é o sinal crítico que leva muitas pessoas à depressão, compulsão, ataques de pânico, enfim. O corpo envia vários sinais de alerta, mas é ignorado e só prestamos atenção quando o caso se torna mais crítico.

Ao invés de nutrirmos nosso corpo adequadamente – água, alimentos saudáveis, sono e respiração profunda -, nós lhe oferecemos menos horas de sono, mais e mais quantidades de doce, gordura e bebida alcóolica até o levarmos a exaustão. Como se não bastasse, nosso cotidiano é uma rotina automática e, muitas vezes, sem prazer, sem um lazer genuíno, sem aquela boa e velha higiene mental, capaz de resetar nosso sistema.

Ainda somos cercados de vários tipos de poluição: buzinas de todos os tipos, escapamentos escandalosos, muitos barulhos perturbam nossa audição; nossa visão já não alcança o horizonte, pois é impedida por prédios, telas de computadores e celulares, televisões e assim olhamos cada vez menos ao longe, contemplamos muito menos; nosso paladar já não sabe muito bem sentir o gosto das coisas mais naturais, estamos viciados em sabores extremamente adocicados e artificiais; nosso olfato está mais do que contaminado com o cheiro da poluição e esqueceu-se da simplicidade do perfume de uma rosa; nosso tato está tão neurótico teclando que também já não se lembra como é poderoso o toque de uma massagem, de um carinho.

Claro, tracei um cenário catastrófico e levei alguns exemplos ao exagero. Mas, no dia-a-dia, nossos sentidos estão sim entorpecidos e intoxicados com tanta correria, rotina e vazio. Esquecemos, muitas vezes, que nossos sentidos são poderosos instrumentos de contato com o mundo e através deles podemos reabastecer nossas energias e revigorar nosso ânimo.

Para receber atualizações do site preencha:

Cada pessoa funciona de um jeito único e muito particular, mas quando estou desconectada, sinto a necessidade de:

– Respirar mais fundo e lentamente, pois assim noto como é precioso cada momento;

– Beber mais água para limpar meu organismo dos excessos que ainda cometo;

– Beber um chá quentinho para me lembrar do aconchego e familiaridade que este ato me traz;

– Buscar um lugar com muito verde para respirar e me conectar melhor;

– Abraçar uma árvore, cheirar uma flor, ouvir os passarinhos, olhar para a linha do horizonte e a sensação de paz e calma que me invade me mostra como tudo tem um sentido muito mais profundo e que aquele vazio era pura falta de conexão.

Use sua criatividade e busque este contato mais especial consigo mesmo. Usei exemplos que me fazem um bem danado, mas há tantas outras formas de exercitar isso: pode ser num banho com um sabonete diferente, se permitir uma esfoliação, acender um incenso ou uma vela, ir ao templo ou à igreja, passear com o cachorro, brincar com o gato, rir com seu filho, enfim, observe o que faz bem para você e aumente essas ações em sua vida.

Não importa a maneira, mas sim estar atento aos pequenos e mágicos momentos de grande intensidade e contato, CONEXÃO, que transcendem o ato e nos conectam a algo Divino.

Largue um pouco o celular, o notebook, tablet e todas essas parafernálias que utilizamos por vezes até de forma neurótica!

Respire, observe, atente-se ao chamado do seu coração e faça uma conexão profunda consigo mesmo, com a vida que pulsa dentro de você… Observe você mesmo e a vida com mais amor e generosidade! Lembro-me de uma frase que não sei a autoria, mas muito marcante neste sentido: “Costumamos ver fora, o que temos dentro de nós!” 


Seu comentário é importante para nós!

Comentário(s)

Adicionar a favoritos link permanente.

Reflita Conosco!!!