• PORQUE A EVOLUÇÃO É CONTÍNUA!!! Preencha seu e-mail e receba nossos Posts!

NATAL: qual a SUA ENERGIA para esta data?

advent-514849_960_720Nesta época de Natal e, final de ano de forma geral, as pessoas ficam mais atarefadas, estressadas e parece que uma energia de muita correria se instala. Isso nos deixa cansados, irritados e, às vezes, nem sabemos a razão exata.

Vejo mais impaciência no trânsito, nos transportes públicos, as pessoas estão perdidas entre listas infindáveis de atividades para fazer do tipo: antes que o natal chegue, antes de viajar preciso fazer mil coisas. Tudo o que foi levado “em banho maria” parece se tornar prioridade, como se as pessoas quisessem colocar a vida em ordem antes que o ano termine para que estas atividades não fiquem como pendências para o próximo ano.

Caso tenha sido um ano ruim, temos, inclusive, uma certa angústia querendo que ele termine logo, pois acreditamos que com um novo ano virá uma nova energia, surgirão novas forças para fazer tudo o que gostaríamos. Mas, se o ano foi legal, temos medo que ele termine e o próximo nos traga algum infortúnio.

De qualquer modo, cada um vivencia a celebração do Natal com uma expectativa diferente. Para alguns, a importância está no seu significado religioso. Com o nascimento de Jesus Cristo, para muitos, renasce também a esperança e os valores que Ele deixou. Para outros, a figura do Papai Noel com um saco vermelho cheio de presentes vivifica a magia do Natal, no qual, em pleno verão brasileiro, somos capazes de imaginar neve e renas tilintando nos céus.

Para receber atualizações do site preencha:

Além disso, ainda tem a ceia que faz muitas mães e avós redobrarem os cuidados com as panelas e os convidados se preocuparem em saborear tudo e mais um pouco, aproveitando a fartura natalina. Para muitos é época de reencontrar velhos parentes, amigos e celebrar com eles. Para outros, se trata de um momento de tristeza e melancolia por relembrar quem já esteve presente e agora não está mais…

Ah, não podia deixar de falar de outro panorama de fundo para esta época: as propagandas de sorrisos, compras e muita paz no coração com um celular novo para falar um “Feliz Natal”, rs. Há uma espécie de idealização de como deveríamos estar felizes e de tudo o que deveríamos estar sentindo neste momento que, é claro, se manifestaria na forma de compras e muitas sacolas de presentes… Mas quando não sentimos nada daquilo reverberando em nosso coração, nos sentimos esquisitos, desconectados daquela idealização de ceia perfeita, pessoa perfeita, sentimentos nobres e tudo se renovando para o próximo ano. Se você reparar bem são as mesmas mensagens, os mesmos vídeos, os mesmos votos com alguma roupagem mais atualizada.

Não existe o Natal ideal, só o Natal que você decida criar como reflexo de seus valores, desejos, queridos e tradições. Bill McKibben

Fato é que este cenário todo configura um momento de muita energia no ar: expectativas e medos, idealizações e frustrações, alegrias e tristezas, ganhos e perdas, planos e balanços do que não foi conquistado. Finalizar ciclos é mesmo um pouco doloroso porque temos que nos recolher e olhar de onde partimos e até onde chegamos. Acredito que este seja um momento muito íntimo e importante, de recolhimento e conexão profunda consigo mesmo para identificar seu caminho, os desvios que foram necessários, os buracos em que caímos e SENTIR que tudo isso foi importante para que pudéssemos chegar ao nível de aprendizado que chegamos.

Na minha opinião, o Natal é o momento de repensar o ano, não de forma dramática como as retrospectivas que vemos na TV, mas avaliando como foi a NOSSA viagem neste período. Para quem celebra o significado religioso, vale a pena repensar sobre a importância que as mensagens bíblicas ainda trazem para a nossa vida cotidiana. Quantas vezes nos damos, de verdade, a oportunidade de escutar a mensagem de Jesus em nossa vida diária? O valor da compaixão, do perdão, do amor que devemos ter por nós mesmos e pelo próximo, do cuidado que devemos ter com nossa vida espiritual? Para os menos religiosos, vale a pena refletir sobre o fechamento de ciclos e a importância de se reinventar para um novo ano que chega, são mais 365 oportunidades, o que quer fazer com elas?

Este texto tem o intuito de deixar um convite para olharmos menos para fora, para os holofotes e muito mais para dentro. Para que a paz que queremos seja, primeiro, cultivada dentro de nossos corações. Haverá sim o momento de celebrar com a família e amigos, mas faça este exercício de se recolher por um minuto e compreender o que vai no seu coração, acolha-se e busque PAZ, LUZ, AMOR para depois se reunir com as outras pessoas e transbordar estas energia boas.

Conecte-se com o significado que o Natal tem para você!  Tenha um excelente Natal seja ele como for, o fundamental é que tenha a SUA cara!


Seu comentário é importante para nós!

Comentário(s)

Adicionar a favoritos link permanente.

Reflita Conosco!!!